desenvolvedores mais populares

Quando se fala dos maiores desenvolvedores no Facebook, existem alguns que estão no topo dos rankings com alguma frequência. Essa é a lista dos maiores desenvolvedores hoje, de acordo com a quantidade de usuários ativos mensais.

A primeira vista, nada dessa lista parece estranho. A King, desenvolvedora do Candy Crush Saga, vem dominando o mercado de aplicativos do Facebook a algum tempo. A Microsoft e o YouTube também vem ranqueando de forma consistente no topo pelos últimos meses. No entanto, o desenvolvedor que se chama de YouTube na verdade não é o YouTube de verdade, e o Google parece que finalmente percebeu.

O aplicativo do YouTube no Facebook tem aproveitado de um crescimento astronômico no último mês, indo de 8 milhões para 53 milhões de usuários ativos mensais.

crescimento app youtube

Apesar desse crescimento, o aplicativo (que passa pelo nome de YouTube) e o seu desenvolvedor (também chamado de YouTube), não são afiliados de forma nenhuma com o site de vídeos. O aplicativo curaria vídeos do YouTube em um domínio não relacionado, e depois permitiria que usuários do Facebook assistissem esses vídeos pelo aplicativo.

“Talvez seja permitido ter um aplicativo que referencie a marca,” disse Luke DeMarte, advogado da Michael Best & Friedrich LLP, que se especializa em leis de marca e direito autoral. “Mas pegar o logo é provavelmente fora dos limites.”

De acordo com DeMarte, a forma mais simples do Google lidar com esse problema, como o dono da marca registrada, seria reclamar com o Facebook que o aplicativo violou as regras de marca de terceiros da rede social, e isso parece ser exatamente o que o Google fez, já que o aplicativo está agora inacessível.

“Mas existe um problema maior,” disse DeMarte. “Eles estão usando a marca do YouTube de forma muito prominente, e eu acredito que possa haver uma confusão em seus usuários de se eles possuem alguma conexão com o YouTube.”

De fato, o domínio onde os vídeo estão sendo curados ainda está no ar, e eles ainda está usando o logo do YouTube:

domínio Hougar

Apesar de não ter nada de errado em curar vídeos, o que esses desenvolvedores estão fazendo vai além disso, explicou DeMarte. Apesar do aplicativo ter sido deletado pelo Facebook, aqueles que já tinham puxado ele ainda podem utilizá-lo. É seguro dizer que uma porção significante dos usuários desse aplicativo acham que ele é afiliado ao YouTube.

Segundo DeMarte, o Google poderia apelar a hospedagem desse domínio. Se o domínio estiver violando os termos e condições da hospedagem, o Google poderia pedir para eles derrubarem o website.

O que é mais notável de toda essa história é como um aplicativo falso do YouTube conseguiu juntar 53 milhões de usuários ativos mensais. Um desenvolvedor não afiliado com o YouTube, utilizando do nome e logo do YouTube, conseguiu explodir e se juntar a gigantes como a King e a Zynga. Apesar de não estar acessível para novos usuários, o aplicativo ainda continua crescendo em usuários ativos mensais.

crescimento de usuários

Com a integração crescente do YouTube com o Google+, parece improvável que o site de vídeos desenvolva um aplicativo para o Facebook, um competidor do Google+. No entanto, o fato desse aplicativo ter conseguido um crescimento tão alto fala volumes sobre a alta demanda para esse tipo de produto do Facebook. Será que o YouTube pode considerar desenvolver seu próprio aplicativo legítimo para satisfazer esses usuários no futuro?

Traduzido e adaptado de Inside Facebook.

[fbcomments]

Últimas publicações